Vejam um ciclista, ele gosta de ajudar as pessoas e de preservar a natureza

Olá Visitante
 


 
Artigos

As ciclovias do DF

Hoje, 03Fev2006, tivemos o início das obras do programa cicloviário, essa primeira ciclovia será no Paranoá-Itapuã, com 6,5kms de extensão e beneficiará uma média de 4.000 bikes/dia, dados de hoje.

A previsão é que ela seja entregue em 120 dias (maio).

Próximas obras (com bala na agulha), ciclovia da L3 norte (UnB) e ciclofaixa de treinamento (bike-lane) no Parque da Cidade.

Essa última será a única de uso exclusivo dos atletas. foi batizada de ciclofaixa olímpica.

A ciclovia interna continuará tendo o seu uso de lazer, e os ciclistas, Mtb´s, triatletas e a turma do PNDF e outros grupos noturnos poderão estar utilizando essa nova ciclo-faixa que será externa, junto a pista dos carros.

Esta sendo agendada uma reunião no DER (próximo ao Buriti) no dia 22 de fevereiro para que os administradores do Parque, de Bsb, secretários de obras, infra-estrutura, meio ambiente e outras autoridades possam ouvir quais são as expectativas e os desejos dos diversos grupos ciclisticos em relação a essa ciclovia; eles não querem errar e para isso querem nos ouvir e saber quais são as nossas propostas e necessidades.

Por isso o convite a todos.

REUNIÃO NO DER/DF dia 22/02 AS 14:30.
Pauta: CICLOFAIXA OLIMPICA DO PARQUE.
A participação de todos será fundamental, pois já existe uma proposta, da qual a Rodas da Paz ajudou a elaborar e queremos a aprovação de todos, para que seja feita da melhor forma possível.

Qualquer dúvida, entrem em contato:
CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS
Leandro Salim Kramp - 9984-4887
Maurício Gonçalves - 8408-8498
Beth Veloso - 9984-6285
www.rodasdapaz.org.br

Marca registrada Rebas do Cerrado - Nota de rodapé do site
Webdesigner: Débora Alves

A primeira versão deste site foi construída por Eliézer Roberto Pereira , Bob King, um dos fundadores do Rebas do Cerrado que infelizmente nos deixou em dezembro de 2004.

Posteriormente o nosso amigo Marcelino Brandão Filho, também fundador e coordenador do grupo por 6 anos, desenvolveu com dedicação ímpar uma nova versão. Marcelino faleceu em julho de 2013 e além do site deixou entre outros legados importantes a padronização dos procedimentos de operacionalização e condução dos eventos Rebas.

Mantemos a página principal o mais próximo possível do desenho original em homenagem aos dois fundadores.

As marcas Rebas® e Rebas do Cerrado®, bem como o logotipo® do grupo Rebas do Cerrado são Marcas Registradas® pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial(INPI), com todos os Direitos Reservados.