Vejam um ciclista, ele gosta de ajudar as pessoas e de preservar a natureza

Olá Visitante
 


 
Depoimentos


Autor: Márcio Bittencourt
Data: 18Out2006
Assunto: Iron Biker 2006
Fonte: E-mail

Título: Iron Biker-Depoimento

Ganhei o Iron (calma pessoal) ganhei de presente as despesas do Iron de duas pessoas muito queridas e, depois de passar por aquela experiência ímpar, agora posso afirmar que foi o melhor de todos os presentes. Até cheguei a pensar em não ir devido à minha companheira hérnia, mas ela colaborou e me deu duas semanas de sossego, e mesmo com um pouco de dor consegui completar o percurso. Aqueles paralelepípedos de Ouro Preto e Mariana são uma tortura pra quem sofre da coluna. No caminho lembrei muito do amigo Walter, a quem agradeço mais uma vez por ter me emprestado sua Astro zerada para diminuir meu sofrimento. Valeu Waltão!!!

Pois é, mais uma medalhinha conquistada. E pra quem pedala a pouco mais de um ano, completar o percurso no Iron é uma grande vitória. Experimentar o IB é uma sensação única, emocionante, díspar. Muito diferente de qualquer competição. Não há coração que não acelere quando o tema começa a tocar antes da largada. Mesmo o mais PDR dos PDR se emociona de estar ali. Eu que estava a centenas de metros da faixa de largada e não tinha a menor idéia do que me esperava nos 46km seguintes, estava tão nervoso e emocionado quanto os bikers da elite. Chuva, piso escorregadio, percurso difícil e inédito, quem não ficaria apreensivo? Mas o objetivo era retornar no dia seguinte, naquela mesma praça e colocar no pescoço a tão desejada medalha.

O Iron é uma festa maravilhosa, show de organização, além de acontecer num dos lugares mais bonitos e acolhedores que já conheci. Confesso que achava caro ter tanta despesa em tão pouco tempo, mas valeu muito, muito mesmo. É uma sensação que todo biker deve experimentar um dia.

Nosso grupo foi um destaque a parte. Éramos reconhecidos como "Os Rebas" ou então como o "Grupo de Brasília", sem falar nos integrantes que eram chamados pelo nome (estamos ficando famosos, pensava eu). Muito legal. O troféu de Maior Equipe foi um justo reconhecimento aos participantes que fizeram questão de se inscrever como Rebas e também à animação e ao espírito do grupo. A organização e as equipes que cobriram o evento ficavam impressionadas com a história do grupo e o quanto nós crescemos em tão pouco tempo. E se no ano que vem a organização instituir o prêmio de torcida mais animada, traremos mais um troféu para o Rebas. Pois foi assim, com muita animação que comemoramos e confraternizamos do início ao fim. Nossa festa teve direito até a champagner. A Débora é realmente nota 10. Mesmo com sua bike de carbono (he...he) quebrada não desanimou nem por um instante e festejou com todos os Rebas até o último pódio, registrando a chegada cada um de nós.

É isso aí galera. Já estou esperando ansioso pelo ano que vem para participar novamente dessa festa tão bonita que é o Iron Biker.
Parabéns a todos que participaram, aos que venceram o desafio e também aos amigos que apenas nos deram apoio, tenham certeza que sem vocês seria ainda mais difícil vencer o "Desafio das Montanhas".

Márcio Bittencourt.

Marca registrada Rebas do Cerrado - Nota de rodapé do site
Webdesigner: Débora Alves

A primeira versão deste site foi construída por Eliézer Roberto Pereira , Bob King, um dos fundadores do Rebas do Cerrado que infelizmente nos deixou em dezembro de 2004.

Posteriormente o nosso amigo Marcelino Brandão Filho, também fundador e coordenador do grupo por 6 anos, desenvolveu com dedicação ímpar uma nova versão. Marcelino faleceu em julho de 2013 e além do site deixou entre outros legados importantes a padronização dos procedimentos de operacionalização e condução dos eventos Rebas.

Mantemos a página principal o mais próximo possível do desenho original em homenagem aos dois fundadores.

As marcas Rebas® e Rebas do Cerrado®, bem como o logotipo® do grupo Rebas do Cerrado são Marcas Registradas® pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial(INPI), com todos os Direitos Reservados.