Vejam um ciclista, ele gosta de ajudar as pessoas e de preservar a natureza

Olá Visitante
 


 
Depoimentos



Autor: Maurício de Nassau
Data: 23Out2008
Fonte: E-mail

Título: Depoimento IRON

Pessoal,

A nossa coordenadora de IB, a grande Débora, me animou a fazer um depoimento, coisa complicada, vou relatar minha luta, minha dupla versus IB ou minha dupla no IB.

Participo do IB desde 2006 e posso dizer que cada ano tem alguma coisa diferente, em minha opinião o de 2006 foi o melhor de todos, teve chuva, banda de musica, Padre Pedalante, disputas para quem é competidor e todo um charme especial.

Este ano foi minha primeira competição em dupla, é uma ótima experiência, se a dupla foi mal a culpa nunca será identificada, é dos dois. Se a dupla vai bem é a mesma coisa, assim, no futuro só irei em dupla, tem tudo de bom.

O desafio das montanhas é tentador, muitas subidas que no mapa parecem gigantescas e são mesmo, te desafia chamando a subir, parece que não vai dar, tem vez que não dá mesmo, mas na maioria das vezes não é que dá. Você chega aos seus limites e deve administrar caso contrario o preço cobrado é muito alto, você fica no meio do caminho e nosso lema "pedalando ou empurrando chegamos lá" é mais verdade do que tudo.

Coisa boa é a união e companheirismo do REBAS, sem ele nenhum IB funciona, a todo momento tinha alguém nos incentivando, alguém ajudando outros membros do grupo, coisa chique no"'urtimo". Minha dupla foi mil, nunca em todos estes anos de IB sofri tão pouco, fui incentivado a todo momento, isto ajuda. A estratégia de participação é importante, este ano minha água acabou, não foi minha culpa mas da organização e segundo fui informado da chuva.Coisa fundamental durante a prova é a disciplina alimentar, não tenha preguiça de comer, coma!

Sobre o IB acho que devemos contatar a organização da prova e mostrar a eles que montanhas para se pedalar no mundo existe uma infinidade, o que muda de uma para a outra é o charme da prova, aquele diferencial que só este circuito tem, O IB é especial não pode ser tratado como uma prova comum, não é! Tem personalidade própria, charme, beleza e muito mais, pois bem, em minha opinião isto está acabando no IB.

Não dar medalha de participação aos competidores é ridículo, os troféus para os campeões, aos mortais as medalhas de participação.

Coisa de herói foi o Carlão organizando ônibus, como é duro organizar o que alguns teimam em fazer desorganizado, parabéns! A propósito, por falar em ônibus, no leito, alguém comeu a farofa envenenada, p. q. p. ...

Débora foi incentivadora do começo ao fim, muita gente foi motivada por ela, obrigado.

Bem vou continuar fazendo nossos passeios rotineiros e de vez em quando alguma coisa mas radical, afinal devo preservar os títulos que me foram dados nos IB, antes eu era chamado de elite (da cozinha é lógico), depois o veio da CEB e agora fui promovido a sex...

Um abraço a todos
Maurício de NASSAU

Marca registrada Rebas do Cerrado - Nota de rodapé do site
Webdesigner: Débora Alves

A primeira versão deste site foi construída por Eliézer Roberto Pereira , Bob King, um dos fundadores do Rebas do Cerrado que infelizmente nos deixou em dezembro de 2004.

Posteriormente o nosso amigo Marcelino Brandão Filho, também fundador e coordenador do grupo por 6 anos, desenvolveu com dedicação ímpar uma nova versão. Marcelino faleceu em julho de 2013 e além do site deixou entre outros legados importantes a padronização dos procedimentos de operacionalização e condução dos eventos Rebas.

Mantemos a página principal o mais próximo possível do desenho original em homenagem aos dois fundadores.

As marcas Rebas® e Rebas do Cerrado®, bem como o logotipo® do grupo Rebas do Cerrado são Marcas Registradas® pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial(INPI), com todos os Direitos Reservados.