Vejam um ciclista, ele gosta de ajudar as pessoas e de preservar a natureza

Olá Visitante
 


 

Regulamento


HISTÓRICO

O grupo Rebas no seu nascimento, em 17 de agosto de 2003, era constituído por um número reduzido de ciclistas, oito para ser exato, todos inexperientes e despreparados tanto tecnicamente quanto fisicamente. As trilhas iniciais, se é que podemos chamar de trilhas, eram verdadeiros passeios quase sempre realizados no asfalto e com baixa quilometragem.

Dentro do próprio espírito humano de superação, nós fomos gradativamente aumentando as distâncias e o nível de dificuldade das trilhas. Seguiu-se a isto o aumento da quantidade de bikers que passaram a nos acompanhar. Eram tantos, e em condições físicas e técnicas tão diferentes que começamos a qualificar os percursos, de modo a inibir os menos experientes na realização de percursos longos ou que exigissem habilidades técnicas, recomendando estes percursos aos mais experientes ou mais preparados. E foi assim que tudo começou.

Nossa primeira trilha oficial, foi a bela e aprazível trilha do Baixo Delírio. Lembro-me da inveja que tínhamos quando no Baixo Delírio dobrávamos para a direita na entrada da fazenda e víamos os bikers mais fortes seguindo pela esquerda, em direção ao Alto Delírio, percurso que para nós era o grande desafio.

Na medida em que íamos aumentando o nível de dificuldade dos percursos, não nos esquecíamos dos companheiros iniciantes que precisavam de percursos menores e de fácil execução.

Acreditamos que o aumento de participantes foi exatamente acarretado pela manutenção do foco inicial, não esquecendo nunca das dificuldades que tivemos no início de nossas pedaladas e respeitando os limites dos recém chegados.

Temos certeza que hoje esse foco está mais do que claro para todos os participantes, e não desejamos nos afastar dele, porque o sorriso e a satisfação de um iniciante ao completar a sua primeira trilha é a nossa maior glória e a justificativa para todo o esforço que realizamos para manter os padrões das nossas trilhas dominicais, com o sacrifício de nossas horas de lazer junto a nossos familiares.

Esse é o jeito Rebas de ser.

E junto com essa nossa satisfação pessoal de fundadores vemos com felicidade que os novos Rebas assimilam essa nossa postura e passam a ser também disseminadores da cordialidade, da amizade, da cooperação e do alto astral de toda a Família Reba. E é isso que conta.

(Voltar ao índice)

 

OBJETIVO

Na busca da superação pessoal, continuamos estimulando o aumento das distâncias e das dificuldades de nossas trilhas, como forma de motivar aqueles que sempre querem um pouco mais de suas performances. A criação da Estrela Reba está ligada à essa busca.

A Estrela Reba é um estímulo dado a todo o participante do grupo na realização de trilhas que por sua dimensão e/ou dificuldade pode ser qualificada como difícil. Ela é o reconhecimento de todo o grupo pelo esforço individual de cada membro na busca da superação de seus limites e na obtenção de um melhor condicionamento físico. É também uma forma de valorizar o esforço pessoal de cada um, destacando-o do conjunto como um exemplo de abnegação e força de vontade. Não há a idéia de criar uma casta de estrelados dentro do grupo. Essa idéia jamais passou pela nossa cabeça. A Estrela Reba tem apenas o objetivo de estimular a superação pessoal, tanto que ela é de uso facultativo.

(Voltar ao índice)

CORES E SIGNIFICADOS DAS ESTRELAS

As Estrelas Rebas são confeccionadas em adesivo refletivo com o “R” característico do grupo Rebas do Cerrado vazado em seu interior. Existem três tipos de Estrelas Rebas: a Branca, a Amarela e a Verde.

A Estrela Reba Branca é outorgada a todo o participante que completar uma Trilha Geradora de Estrela.

A Estrela Reba Amarela é outorgada a todo o participante que completar a sua quinta Trilha Geradora de Estrela. Nessa situação, cinco estrelas brancas são substituídas por uma estrela amarela.

A Estrela Reba Verde é outorgada a todo o participante que obtiver a sua quinta Estrela Reba Amarela. Nessa situação, cinco estrelas amarelas são substituídas por uma estrela verde.

O limite da outorga de Estrelas Rebas está definido como sendo cinco Estrelas Rebas Verdes, o que significa a execução de 125 Trilhas Geradoras de Estrelas, colocando seu possuidor em nível de um verdadeiro veterano do mountain bike.

(Voltar ao índice)

ONDE FIXAR

As Estrelas Rebas devem ser afixadas na aba lateral inferior direita do capacete, seguindo uma seqüência horizontal com a estrela de maior graduação na parte posterior e a de menor graduação na parte anterior da aba.

Um Reba usando o capacete com as Estrelas Rebas colocadas do lado direito. Observe que as Estrelas Rebas de maior graduação estão colocadas na parte posterior do capacete.

Para efeito de graduação considera-se a Estrela Reba Verde a de maior graduação, seguida pela Estrela Reba Amarela e finalmente a Estrela Reba Branca, a de menor graduação.

As Estrelas Rebas de menor graduação(Brancas e Amarelas) são passíveis de substituição, quando da troca por uma estrela de graduação superior, cabendo essa responsabilidade ao proprietário das outorgas.

Dentro da regulamentação estipulada para a troca de Estrelas Rebas, um participante poderá, em determinado momento, ter no máximo 12 Estrelas Rebas no capacete: 4 Estrelas Rebas Verdes, 4 Estrelas Rebas Amarelas e 4 Estrelas Rebas Brancas. Esse participante ao ser agraciado com mais uma Estrela Reba passará a ter apenas 5 Estrelas Rebas Verdes, atingindo o máximo de graduação permitida.

Caso a aba lateral inferior direita do capacete não comporte a quantidade de Estrelas Rebas, deverá ser usado a aba lateral inferior esquerda, mantendo no lado direito as Estrelas Rebas de maior graduação.

Sequência para colar a Estrela Reba:
1)Limpe a superfície do capacete onde será colada a Estrela Reba;
2)Separe o plástico do papel. Nessa separação a Estrela Reba sairá colada no plástico;
3)Cole o plástico com a Estrela Reba no local, tomando o cuidado para que o "R" fique na posição correta, uma ponta da estrela voltada para cima, e as pontas laterais ficando aproximadamente na horizontal;
4)Faça pressão sobre o plástico para fixar a cola da Estrela Reba;
5)Retire o plástico com cuidado. A Estrela Reba deverá permarnecer colada;
6)Reforce a pressão sobre a Estrela Reba de modo a melhorar a fixação através da cola. Cuidado para não danificar as pontas da estrela.

(Voltar ao índice)

TRILHAS QUE DÃO DIREITO A ESTRELAS

Uma trilha para ter a qualificação de Trilha Geradora de Estrela deve ter uma distância superior a 40 quilômetros e/ou média ou alta dificuldade de execução.

Cabe à Coordenação do Rebas a definição de quais são as Trilhas Geradoras de Estrelas consideradas para efeito de outorga de Estrelas Rebas.

COMO RECEBER SUA ESTRELA

Para obter uma Estrela Reba clique no botão abaixo. Você será direcionado para um formulário de pedido onde serão solicitados os seguintes dados: Nome/Nº da Trilha, Nome completo, Endereço, CEP e Telefone de contato. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Após seu pedido ser processado você receberá a sua Estrela Reba pelo correio.

(Voltar ao índice)

Marca registrada Rebas do Cerrado - Nota de rodapé do site
Webdesigner: Débora Alves

A primeira versão deste site foi construída por Eliézer Roberto Pereira , Bob King, um dos fundadores do Rebas do Cerrado que infelizmente nos deixou em dezembro de 2004.

Posteriormente o nosso amigo Marcelino Brandão Filho, também fundador e coordenador do grupo por 6 anos, desenvolveu com dedicação ímpar uma nova versão. Marcelino faleceu em julho de 2013 e além do site deixou entre outros legados importantes a padronização dos procedimentos de operacionalização e condução dos eventos Rebas.

Mantemos a página principal o mais próximo possível do desenho original em homenagem aos dois fundadores.

As marcas Rebas® e Rebas do Cerrado®, bem como o logotipo® do grupo Rebas do Cerrado são Marcas Registradas® pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial(INPI), com todos os Direitos Reservados.